Indicados ao Oscar 2016 de Melhores Efeitos Visuais: Star Wars-O Despertar da Força

star-wars-force-awakens-cartaz


Star Wars: O Despertar da força
(Star Wars: The Force Awakens) é um dos concorrentes ao Oscar 2016 de Melhores Efeitos Visuais. Confiram abaixo o vídeo da revista Wired sobre a criação dos efeitos visuais do filme, incluindo a criação dos personagens digitais.

 

 

Os indicados ao Oscar 2016 de Melhores Efeitos Visuais

Star Wars: O Despertar da Força (Star Wars: The Force Awakens)

star-wars-force-awakens-cartaz

 

O Regresso (The Revenant)

o regresso-cartaz

 

Mad Max: Estrada da Fúria (Mad Max: Fury Road)

mad max-poster

 

Ex Machina: Instinto Artificial (Ex Machina)

ex machina poster

 

Perdido em Marte (The Martian)

Perdido em Marte_poster

Recordando: Irmão Sol, Irmã Lua, de Franco Zeffirelli

Dia 4 de outubro comemoramos um dos santos mais queridos e famosos do mundo: São Francisco de Assis. A humildade, fraternidade, amor pelos excluídos e para com todos os seres da natureza foram exemplos dados às nós por esse homem nascido na cidade de Assis, Itália entre 1181 e 1182. Sua vida se espelhou nos ensinamentos do próprio Cristo, e por isso, Francisco é chamado de “O Espelho da Perfeição” ou “O Espelho de Cristo”.

O cinema já nos brindou com alguns filmes sobre a vida do santo, mas nenhum é tão famoso quanto Irmão Sol, Irmã Lua (Fratello sole, sorella luna), do diretor Franco Zeffirelli. O filme de 1972 conta a trajetória de Francisco desde a sua vida como um jovem comum de sua época com sonhos de se tornar um cavaleiro, passando pela sua conversão até culminar com o total desprendimento da vida material, começando uma obra que se tornaria exemplo de vida para todos, guiada pelos princípios de Cristo de amor ao próximo, aos excluídos, à todo ser vivo.

O filme é estrelado por Graham Faulkner que interpreta São Francisco e Judi Bowker como Santa Clara de Assis. Alguns anos mais tarde em 1981, podemos ver a atriz na primeira versão de Fúria de Titãs, como a personagem Andrômeda.

Irmão Sol, Irmã Lua conta também com a participação especial de Alec Guinness como o Papa Inocêncio III.

Indicado ao Oscar de Melhor Direção de Arte em 1974, o filme de Zeffirelli traz ainda uma belíssima fotografia e uma trilha sonora comovente. Zeffirelli, em 1977 faria também o mais belo filme sobre a vida de Cristo, Jesus de Nazareth.

irmão sol-irmã lua

Os indicados ao Oscar 2015 de Melhores Efeitos Visuais

Guardiões da Galáxia (Guardians of the Galaxy), Capitão América 2: O Soldado Invernal (Captain America: The Winter Soldier)Planeta dos Macacos: O Confronto (Dawn of the Planet of the Apes)X-Men: Dias de um Futuro Esquecido (X-Men: Days of Future Past) e Interestelar (Interstellar) disputarão o prêmio Oscar 2015 de Melhores Efeitos Visuais.

Confiram videos e links sobre o processo de criação dos efeitos visuais de cada filme concorrente.

guardioesdagalaxia_cartaz

Confiram os links abaixo sobre a produção dos efeitos visuais do filme Guardiões da Galáxia:

http://www.methodstudios.com/work/guardians-of-the-galaxy

http://www.framestore.com/work/guardians-galaxy

capitao-america-o-soldado-invernal-cartaz

dawn_of_the_planet_of_the_apes_poster 

X-Men_Dias de um futuro esquecido

interestelar_cartaz

Confira o link abaixo sobre a produção dos efeitos visuais do filme Interestelar:
http://video.wired.com/watch/exclusive-the-science-of-interstellar-wired

Os indicados ao Oscar de Melhor Curta de Animação de 2014

Os cinco candidatos a Melhor Curta de Animação de 2014. Vejam trailers e imagens dos filmes indicados este ano.

Feral – Daniel Sousa e Dan Golden

Get a Horse!  Lauren MacMullan e Dorothy McKim

Mr. Hublot – Laurent Witz e Alexandre Espigares

Mr_Hublot-poster

Room on the Broom – Max Lang e Jan Lachauer

room-on-the-broom-poster

Possessions – Shuhei Morita

possessions-short film

shuhei-morita-possessions

“Gravidade”, o grande vencedor do VES Awards deste ano

Gravidade, filme de Alfonso Cuarón, é o grande vencedor do 12th Annual VES Awards, prêmio dado pela The Visual Effects Society (VES).

O filme levou seis prêmios. Confiram no link do site a relação dos prêmios ganhos: http://www.visualeffectssociety.com/12th-Annual-VES-Awards-Winners

gravity-poster

Segue abaixo uma relação de matérias e entrevistas sobre os efeitos visuais de Gravidade, que também ganhou o prêmio Bafta de Melhores Efeitos Visuais este ano e é um dos grandes favoritos ao Oscar também nesta categoria.

http://www.framestore.com/work/gravity

http://www.cgsociety.org/index.php/CGSFeatures/CGSFeatureSpecial/gravity

http://www.3dartistonline.com/news/2013/12/creating-gravitys-earth-stars-and-lense-flares/

http://www.fxguide.com/featured/gravity/

http://www.thewrap.com/gravity-sandra-bullock-george-clooney-alfonso-cuaron-space-visual-effects

Confiram também o excelente vídeo da empresa de efeitos visuais Framestore sobre os efeitos visuais do filme.

Especial de Natal: “A Felicidade não se compra”

Neste tempo de Natal, um dos mais belos filmes para se ver nesta época é um clássico inesquecível do cinema: A Felicidade não se compra (It’s a Wonderful Life – 1946) de Frank Capra.

a felicidade nao se compra-cartaz

O filme conta a história de George Bailey (James Stewart) um homem que queria ter tido uma vida bem diferente da que tem. Um dos seus maiores sonhos desde criança era sair de sua cidade natal e viajar pelo mundo. Mas devido a morte de seu pai, ele é obrigado a permanecer na cidade para tocar os negócios da família.

Bailey reencontra, então, sua colega de infância Mary Hatch (Donna Reed) e eles acabam se casando e tendo quatro filhos. Porém, os negócios não vão bem e então acontece o pior: seu tio Billy Bailey (Thomas Mitchell) que trabalha com ele perde uma quantia considerável de dinheiro de sua firma, deixando George Bailey em desespero.

É neste momento que entra em cena o anjo Clarence (Henry Travers), um enviado dos céus para ajudar Bailey. Bem no início do filme temos uma cena muito especial, uma conversa vinda do alto em que ouvimos a voz do anjo Clarence que tem a missão de salvar Bailey do pior, de fazer com que ele desista da ideia de tirar sua própria vida, bem na véspera do dia de Natal.

Quando George Bailey está prester a pular no rio para tirar sua própria vida, Clarence entra em cena, pula na sua frente e Bailey o salva.

A partir de então, Clarence mostra para George Bailey o que teria acontecido se ele não tivesse nascido. Ninguém o conhece na cidade, ele agora é um homem sem identidade, não tem mulher, filhos, mãe, irmão, amigos, pois ele nunca esteve ali, ele nunca nasceu.

A questão principal colocada em A Felicidade não se compra é o fato de que não somos seres isolados uns dos outros. Estamos aqui por algum motivo e nossa vida toca e modifica por completo a vida do outro. Formamos uma rede de pessoas, de vidas interligadas, em que uma vida é ligada à outra e na maior parte das vezes não temos noção disso, assim como o personagem principal do filme, George Bailey.

Henry Travers como anjo Clarence

O anjo Clarence mostra o que aconteceu ao seu irmão, mãe, mulher e amigos pelo fato dele não ter nascido. Graças, então, a intervenção dos céus, por meio de Clarence, Bailey consegue enxergar o seu valor, mesmo no meio das dificuldades da vida.

A Felicidade não se compra é um filme extremamente sensível que nos faz refletir bastante nesta época de Natal.

Com atuações primorosas com destaque para James Stewart e Donna Reed que interpretam os personagens principais George Bailey e Mary Hatch, A Felicidade não se compra foi indicado a cinco prêmios Oscar incluindo Melhor Filme, Melhor Ator para James Stewart e Melhor Diretor para Frank Capra.

a felicidade não se compra-2

Os efeitos visuais de Prometheus

prometheus_cartaz

Prometheus (2012) é o prelúdio de Alien, o Oitavo Passageiro (1979). Com direção de Ridley Scott, o filme foi indicado ao Oscar de Melhores Efeitos Visuais de 2013.

Confiram um vídeo sobre a realização dos efeitos.

Branca de Neve e o Caçador – Indicado ao Oscar de Melhores Efeitos Visuais

Branca de Neve e o Caçador - poster

O filme Branca de Neve e o Caçador (Snow White and the Huntsman) é um dos candidatos ao Oscar de Melhores Efeitos Visuais de 2013. Confesso que não vi o filme ainda, mas gostei muito do making of que mostra como foi feito o Mirror Man, o Espelho Mágico da madrasta má da Branca de Neve. Segue abaixo.

O Hobbit – Uma Jornada Inesperada – Indicado ao Oscar 2013 de Melhores Efeitos Visuais

o hobbit-cartaz-gollum

De 2001 a 2003, período em que a trilogia O Senhor dos Anéis foi lançada, éramos apresentados ao mais incrível personagem digital da história do cinema: Gollum.

Desde então, já passados quase doze anos da estreia do primeiro filme da trilogia, o personagem continua reinando absoluto como o melhor personagem feito em computação gráfica para o cinema.

Gollum, é sem dúvida, um dos grandes destaques do universo da Terra Média, criado pelo escritor J. R. R. Tolkien. Para ser transposto com verossimilhança para os espectadores do cinema, a tecnologia precisava alcançar o patamar que chegamos hoje em dia. Contudo, o personagem não é apenas fruto do avanço tecnológico, mas também o resultado da performance do excelente ator Andy Serkis que dá vida ao personagem. Por meio da técnica de captura de movimentos, Serkis empresta não somente os seus movimentos ao personagem, mas sobretudo a sua brilhante atuação.

Com o Hobbit – Uma Jornada Inesperada, podemos notar que houveram avanços na tecnologia, permitindo que o personagem se torne cada vez mais verossímil aos olhos do espectador.

Sem dúvida, Gollum é um dos maiores marcos da história da computação gráfica e da história dos efeitos visuais no cinema.