Crítica: Detona Ralph – Indicado ao Oscar 2013 de Melhor Filme de Animação

Detona Ralph-poster

Fui assistir a Detona Ralph (Wreck-It Ralph) com muita expectativa. Para aqueles que nos anos 80 eram crianças, assim como eu, assistir a este filme é um retorno aquela época de grandes sucessos dos jogos para arcades ou fliperamas. O filme também nos faz recordar o início da popularização dos vídeo games caseiros.

Não que eu conheça todos os jogos de vídeo game daquela época, gostaria de saber mais sobre o tema, pois o filme é um desfile de personagens de games e muitos eu não sei nem o nome, confesso. Minha atenção quando criança estava mais voltada para os desenhos animados e para as revistas em quadrinhos do que para vídeo games, mas me lembro do deslumbramento da minha geração, principalmente com os primeiros games que podiam ser jogados em nossas próprias casas utilizando-se antigas televisões de tubo de apenas 14 polegadas como monitor.

E como eram divertidas aquelas personagens de poucos pixels, pouca resolução, mas que achávamos o máximo mesmo assim. Agora, as novas gerações acostumadas à gráficos em alta resolução, por vezes podem achar até tosco um gráfico de game daquela época, mas como podemos sentir no filme, os games mais antigos, os chamados retrôs, mantém o seu charme até agora.

NicelandParty_Motion_Graph

Tem uma frase do filme que achei super divertida e muito bem colocada pelos roteiristas, quando o personagem Félix do jogo Conserta Félix Jr., que vem a ser o jogo do Ralph, fala para um outro personagem de game, a Sargento Calhoun, sobre como o rosto dela é bonito por ser um gráfico de alta resolução, ao contrário do dele, um personagem de game dos primeiros fliperamas e que está comemorando no filme seus 30 anos de sucesso. Que legal este trecho do filme, pois a cena da paquera entre os dois personagens, na verdade é onde fica bem marcado, bem evidente para os espectadores, uma espécie de linha do tempo dos vídeo games em relação à resolução das imagens nestes últimos 30 anos. A definição das imagens em computação gráfica dos vídeo games evoluiu, como em todas as outras áreas em que a computação gráfica tem aplicação, no cinema inclusive, e no filme, esta cena é muito interessante, pois ali, cara a cara, está o personagem de um vídeo game antigo com seus poucos pixels se encontrando com uma personagem cujo game é de imagens em alta definição.

Uma das minhas cenas favoritas, também, é a que Ralph entra no jogo Pac-Man para roubar umas frutas do game. E que delírio visual é ver um personagem em um gráfico de game antigo e logo em seguida vê-lo como um personagem 3D de um filme!

Enfim, tudo no filme é muito divertido, aliado a um roteiro muito, mas muito bom mesmo. Indicado ao Oscar de Melhor Filme de Animação, para mim, Detona Ralph é um forte candidato ao prêmio.

Detona Ralph

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s