Meia-Noite em Paris

Meia-Noite em Paris (Midnight in Paris – 2011). O filme de Woody Allen é apaixonante do começo ao fim. As belas paisagens de Paris, os cafés, os lugares turísticos. Porém, já comecei a ver o filme me fazendo uma pergunta: “por que não fui ver este filme no cinema?” Há filmes que dão um arrependimento enorme de não termos ido ao cinema vê-lo e estarmos diante de uma tela pequena de televisão ou computador que não faz jus a bela fotografia do filme, como é o caso.

A história gira em torno do escritor Gil Pender (Owen Wilson) que acompanha a sua noiva Inez (Rachel McAdams) e os pais dela em uma viagem a Paris. O encanto pela cidade faz Gil repensar a sua carreira como roteirista de Hollywood e na sua vontade de ser tornar um escritor literário de sucesso. Ele idolatra a Paris dos anos 20, o seu ideal de modo de vida, com sua efervescência cultural onde grandes artistas se encontravam.

Sensível, irresistível. E como é realmente apaixonante aquele passado cultural parisiense, com seus escritores, pintores, músicos, como bem percebe o protagonista. E assim como Gil, dá uma vontade louca de mergulhar nas obras destes grandes artistas e nos inebriarmos com a sua arte e se estivéssemos em Paris, claro, melhor ainda seria.

O filme ganhou o Oscar 2012 de Melhor Roteiro Original.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s