Georges Méliès – o pai dos efeitos especiais

Estou escrevendo um capítulo para a minha dissertação sobre cinema e imaginário. E não há como não falar sobre Georges Méliès (1861-1938), considerado o pai dos efeitos especiais. Ilusionista, Méliès foi diretor do Teatro Robert Houdin. Esteve presente na primeira exibição pública comercial de um filme, “L’arrivée d’un train à La Ciotat” (1896), dos irmãos Lumière.

Méliès fundou o primeiro estúdio cinematográfico, o Star Filmes de Paris. Vejam abaixo um de seus primeiros filmes: “Escamotage d’une dame au théâtre Robert Houdin”, de 1896.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s